1 de setembro de 2009

Felina Metáfora

Enquanto você era meu,
Eu me doava mais.
Faz-me uma falta danada
E eu nem sei mais quem sou.
Achei outro sentido:
Você dorme cegamente
E eu vivo.

4 comentários:

  1. Olá menino das Alagoas! Lindo poema!
    Como está a vida aí em Sampa?
    Abraço, direto do Recife.

    ResponderExcluir
  2. A imagem também tá maravilhosa! Bjs.

    ResponderExcluir
  3. ... Bem de "mansinho" eu vou entrando, já que a porta está enteaberta, e eu não quero acordar o gato sonhador...

    ...Passando pra dar os parabéns pelo blog que, com sua licença, entra para minha lista de favoritos...

    ...Boas idéias, belas imagens e uma escrita que flui muito bem.... Por que o mundo não tem mais disso?

    Abs. A.G.

    ResponderExcluir
  4. "se temos que esperar, que seja para colher a semente boa que lancamos hoje no solo da vida. se for para semear entao que seja para produzir milhões de sorrisos de solidariedade e de amizade"!!!

    muito bacana o blog...
    ja faz parte da minha leitura semanal!
    abraços

    ResponderExcluir